14/08/2014 | 11:00

Capacidade instalada da usina é ampliada para 8.040MW, após a conclusão do EVTE e EIA-Rima

A usina hidrelétrica de São Luiz do Tapajós teve sua capacidade instalada ampliada para 8.040MW, após as conclusões do Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica (EVTE) e do Estudo de Impacto Ambiental (EIA-Rima). A geração será suficiente para atender cerca de 20 milhões de residências brasileiras.

Acompanhados e analisados pela Agência Nacional de Águas (ANA) e pela ANEEL, os estudos de viabilidade procuraram alternativas para instalação do empreendimento que causassem o menor impacto ambiental possível. As possibilidades de localização do eixo da barragem foram determinadas, sobretudo, pela necessidade de reduzir ao máximo os impactos nas corredeiras de São Luiz do Tapajós no Parque Nacional da Amazônia (PARNA).
 
A alternativa selecionada no EVTE resultou em 8.040 MW de potência instalada total, agregando ao Sistema Interligado Nacional 4.012 MW médios de energia firme, em duas casas de força:
 
• A casa de força principal, junto à margem direita, com 7.740 MW de potência instalada em 36 turbinas de 215 MW.
 
• A casa de força complementar, localizada na parte central da barragem, com 300 MW de potência instalada em duas turbinas de 150 MW, que aproveitam a vazão mínima de 1.068 m³/s a ser mantida no Trecho de Vazão Remanescente – TVR.